COMBATE AO EFEITO ESTUFA

 

Usinas nucleares no combate ao efeito estufa



A propriedade de alguns elementos de emitir radiação sempre foi considerada uma ameaça à humanidade, o que nem todos sabem é que a energia gerada de reações nucleares pode ajudar no combate ao efeito estufa. “A maneira correta de usar é que gera os benefícios”, esta é a frase que resume a utilização da radioatividade corretamente. 

Sabe-se que a energia provinda das Usinas Nucleares constitui a mais perigosa fonte de eletricidade, mas estudos mostram que em sua obtenção não é gerada nenhuma espécie de gás causador do efeito estufa, como: dióxido de carbono (CO2), metano (CH4), Óxido nitroso (N2O), CFC´s (clorofluorcarbonetos). É claro que existem rejeitos no processo de obtenção da Energia Nuclear, é o chamado lixo Nuclear, este deve ser devidamente descartado, pois emite radiação durante séculos. Mas se compararmos aos prejuízos causados por outras fontes de energia, o problema se torna uma solução. 

O objetivo principal dos cientistas envolvidos neste estudo é conscientizar sobre a ameaça das Usinas termelétricas movidas a carvão mineral, estas sim geram inúmeros agentes poluidores. Em contrapartida existe o agravante no preço da Energia Nuclear, que custa caro e exige uma série de fatores para ser obtida: é preciso cuidados de segurança em todo o processo, funcionários treinados e ainda um tempo prolongado para a sua implantação. 

Gerar energia nuclear constitui um alto investimento que se justifica por sua ação: evitar o aumento da taxa de poluentes lançados em nossa atmosfera diariamente. Se todos os países se atentassem para este fator, com certeza já teríamos Usinas Nucleares implantadas e suficientes para gerar toda a energia que necessitamos.

http://www.brasilescola.com/quimica/usinas-nucleares-no-combate-ao-efeito-estufa.htm
 Ana Beatriz